Pontos Naturais

A cidade de Salvador internacionalmente conhecida pelo seu valor histórico-cultural, guarda segredos da natureza que muitas pessoas desconhecem. A rota turística tradicional da capital baiana possui locais que são registros de períodos diferentes da formação geológica da cidade, desde o Proterozóico ao Quaternário e, alguns destes locais são marcantes na história geológica do Planeta. Um exemplar ícone é a Falha Geológica de Salvador uma cicatriz da separação Brasil-África e da formação da Bacia do Recôncavo.

Há também em toda a orla oceânica, especialmente nas praias da Barra, Ondina, Paciência, Jardim de Alah e Itapuã, pedaços do continente africano! Rochas-irmãs entre Salvador e Congo é mais uma evidência de que num passado bem distante éramos um só!
O roteiro geoturístico tem aproximadamente 100 km desde a Ponta de Humaitá (Península de Itapagipe, Cidade Baixa) até a Praia do Forte (município de Mata de São João). O roteiro pode ser iniciado a partir de qualquer ponto da cidade e deve ser realizado pelo menos em dois dias. Programe-se e trace sua rota!