A “Cidade Alta” e a “Cidade Baixa”

Situada na borda leste da Bacia do Recôncavo, a Falha tem aproximadamente 150 km de extensão. O trecho emerso da Falha de Salvador inicia-se no Porto da Barra e se estende linearmente por mais de 20 km até perto de Simões Filho.

A partir daí, o traçado do contato com o cristalino se encurva de oeste para leste, reassumindo novamente a orientação nordeste, já próximo à costa perto de Arembepe, no município de Camaçari.

A topografia de Salvador, dividida em “Cidade Alta” e “Cidade Baixa” é o resultado do longo processo de separação continental, que afastou o Brasil da África. Sua história geológica está relacionada com a formação do Rifte Recôncavo-Tucano-Jatobá durante a abertura do Oceano Atlântico Sul.






O movimento da Falha de Salvador aconteceu há cerca de 145 milhões de anos, no início do Cretáceo. As rochas do embasamento cristalino que foram afetadas pela Falha, são muito mais antigas, Pré-Cambrianas, com mais de 1,6 bilhões de anos, e representadas predominantemente por granulitos, rochas metamórficas de alto grau, que constituem o embasamento cristalino do Alto Salvador.

Os esforços distensionais que deram origem a Bacia do Recôncavo, resultou em um meio-graben com orientação NE-SW e falha de borda a leste (sistema de falhas de Salvador), com rejeito de aproximadamente a 6.000 metros.


Na altura dos seus 74 metros, o Elevador lacerda "une" a poção soterrada do Mesozóico (sedimentos da cidade baixa, Baía de Todos os Santos) ao Alto Salvador do Pré-cambriano (cidade alta). Criado pelo comerciante Antônio de Lacerda em 1873, foi o primeiro elevador a servir de transporte público e era o mais alto do mundo quando foi inaugurado. Junto com a escarpa de Falha formam um dos cartões mais bonitos da capital baiana. Imagem cheia de significados históricos, culturais e geológicos!!! Em 2006 foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN.




Conheça também o Mercado Modelo, tradicional centro de artesanato, gastronomia e representação cultural, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia 300 metros dali, um dos pontos geoculturais importantes a ser visitado. Vale a pena conhecer também o  Solar do Unhão - localizado na Ladeira Contorno - conjunto arquitetônico formado pelo Solar, por uma capela, cais privativo, senzala e o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM). Aproveite o por-do-sol no cais, belíssimo!

Ficha turística

  • Tectônica
  • Didático / Turístico
  • 1 hora
  • Permitido
  • Gratuito
  • Acesso livre
  • Ótima
  • Melhor visibilidade durante o dia
  • Latitude: 12°58’28”S
    Longitude: 38°30’46’’W

Saiba mais...

Barbosa, J.S.F., Corrêa–Gomes, L.C., Dominguez, J.M.L., Cruz, S.A.S., Souza, J.S., 2005. Petrografia e litogeoquimica das rochas da parte oeste do alto de Salvador, Bahia. Revista Brasileira de Geociências, 35 (4 – Suplemento): 9–22.

Magnavita, L., Destro, N. Carvalho, M.S.S. de, Milhomem, P.S. da, Souza-Lima, W., 2003. Bacias Sedimentares Brasileiras: Bacia do Recôncavo. Fundação Paleontológica Phoenix, Aracaju, ano 5, n. 52.

Magnavita, L.P., Silva, R.R da, Sanches, C.P., 2005. Roteiros Geológicos - Guia de Campo da Bacia do Recôncavo, NE do Brasil. Boletim de Geociências. Petrobras, Rio de Janeiro, v. 13, n. 2, p. 301-334.